Mulheres em risco de violência doméstica podem ter auxílio de órgãos de segurança pelo celular