Empresas de TV por assinatura, telefonia e internet não poderão multar por quebra de fidelidade