Martha Rocha

Blog

19072016_173118reuniaopm_geral_octaciliobarbosa_19_07_16-754×503

Empresa organizadora de concurso da PM de 2014 será chamada para reunião no MP

A Exatus, empresa organizadora do concurso da Polícia Militar (PMERJ) de 2014, será convocada para uma reunião com a instituição no Ministério Público do Estado até a próxima semana. O objetivo é encontrar uma solução definitiva para a falta de informações por parte da organizadora, o que está impedindo a continuidade do processo seletivo. O anúncio foi feito em reunião da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), presidida pela deputada Martha Rocha (PDT), com um grupo de candidatos aprovados, nesta terça-feira (19/07). A Casa vem acompanhando o caso há algumas semanas.

“O grande entrave é que a Exatus, que é do interior do Paraná, não está mais no Rio de Janeiro e não entrega os resultados do exame médico, alegando que não houve pagamento de uma das parcelas. Estivemos com o secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, e o comandante da PM, Edson Duarte, e procuramos o Ministério Público do Estado. Temos um compromisso da Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de uma intervenção imediata na busca de solução desse problema”, afirmou Martha Rocha.

Quanto às estratégias que poderão ser usadas pelo MP, a deputada mencionou a possibilidade de um termo de ajustamento de conduta (TAC), ou ainda a instalação de um inquérito civil público ou mandado de busca e apreensão. Os parlamentares ressaltaram que a judicialização seria o pior caminho, pois a decisão sobre o destino dos aprovados poderia levar anos.

Rodrigo Sampaio, representante dos candidatos, disse que o posicionamento da empresa é revolvante. “Ficamos muito agradecidos com todo o apoio da Alerj, mas estamos muito decepcionados com toda a situação. A Exatus não responde, a PMERJ recua e a gente fica a ver navios”, criticou. Das seis mil vagas que haviam sido divulgadas quando o concurso foi aberto, apenas 1.334 foram preenchidas com recrutas que estão realizando o curso no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP). Eles ingressaram em três turmas em dezembro de 2015. Os outros aguardam o prosseguimento do concurso.

Também estiveram no encontro os deputados Paulo Ramos (PSol), Zaqueu Teixeira (PDT) e Flávio Bolsonaro (PSC).

Ainda não há nenhum comentário.