Blog

cpi 1

CPI da Violência Contra a Mulher

A CPI da Violência Contra a Mulher da Alerj, presidida pela deputada Martha Rocha (PSD), realizou, nesta segunda-feira (17/08), a 6ª audiência pública itinerante do colegiado. A reunião ocorreu na Câmara Municipal de Campos e encerrou a projeto da CPI de percorrer o Estado para avaliar o funcionamento das redes de proteção às vítimas.

A audiência pública contou com a participação de representantes de organizações não governamentais, do Estado e do município. O deputado Bruno Dauaire (PR) também esteve na reunião.

Há três anos, Campos vem mantendo os mesmos números de violência contra à mulher. A constatação é da delegada Ana Paula Carvalho, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) do município.

De acordo com ela, em 2013, foram registrados 986 casos de lesão corporal; 2014 somou 897 registros e até junho de 2015, foram 310 registros.

Para a deputada Martha Rocha, Campos e regiões vizinhas ainda precisam avançar em alguns pontos de combate à violência. “Campos tem uma Deam, um juizado especial, mas é preciso que o governo trabalhe para integrar as ONGs e os órgãos que trabalham diretamente com as mulheres vítimas”, disse a deputada.

Em dois meses, a CPI da Violência Contra a Mulher esteve em Maricá, Mesquita, Araruama, Resende e Teresópolis.

 

Ainda não há nenhum comentário.